Pesquisar neste blog

Carregando...

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

As sociedades relacionadas por estamentos

O sistema de estamentos ou estados consituiu outra forma de estratificação social. A sociedade feudal organizou-se dessa maneira.  Na França, por exemplo, no final do século XVIII, ás vésperas da revolução havia três estados: a nobreza, o clero e o chamado terceiro estado, que incluia todos os outros membros da sociedade – comerciantes, industriais, trabalhadores urbanos, camponeses, etc.
   Numa sociedade que se estrututa por estamentos, a condição dos invidividuos e dos grupos em relação ao poder e á participação na riqueza produzida pela sociedade não é somente uma questão de fato, mas também de direito.
   Na sociedade feudal, por exemplo, os individuos eram diferenciados desde que nasciam ou seja, os nobres tinham privilegios e obrigações em que nada se assemelhavam  aos direitos e deveres dos camponeses e dos servos, porque a desigualdade, além de existir de fato, transformava-se em direito. Existia assim um direito desigual para desiguais. O que explica a relação entre os estamentos é a reciprocidade. No saco das sociedades do período feudal, existia uma serie de obrigações dos servos para com os senhores (trabalho) e destes para com aqueles (proteção) ainda que camponeses e servos estivessem sempre em situação de inferioridade. Entre os proprietários de terra, havia uma relação de outro tipo: um senhor feudal (suserano) exigia serviços militares e outros serviços dos senhores a ele subordinados (vassalos).
   Hoje, muitas vezes utilizamos o termo estamento para designar determinada categoria ou atividade profissional que tem regras muito precisas para que se ingresse nela ou para que o indivíduo se desenvolva nela
                                                                Postado por: Dandara C.

3 comentários:

  1. Que merda... está muito fraco este conteúdo de vocês... por exemplo: "existia assim um direito desigual para desiguais"... que redundância mais imbecil essa!!!!

    ResponderExcluir
  2. Jhon, o idiota aqui é você. Existia sim , um direito desigual para desiguais!

    ResponderExcluir